Após cem dias a frente do Legislativo, Lauro Poca faz balanço do início da gestão


Postado em 10/04/2015

O vereador Lauro Aparecido de Toledo, mais conhecido como Lauro Poca, completa hoje, 10 de abril, cem dias como presidente da Câmara Municipal de Socorro. Eleito em dezembro do ano passado, tendo quatro dos nove votos possíveis, assumiu a presidência da Casa de leis em 1ª de janeiro deste ano. Pode parecer pouco, mas esse período corresponde a aproximadamente 10% do mandato de dois anos.

Ao fazer uma análise das atividades executadas até o momento, Lauro falou sobre as iniciativas realizadas, em fase de implantação e dos projetos para o futuro.

A primeira ação como presidente foi manter todos os funcionários com cargos em comissão, uma atitude pouco praticada quando há mudança de presidentes, visto que erroneamente entende-se que os cargos são atribuídos por “favores políticos” e não por competência. “Tive contato com a equipe nos últimos dois anos e todos sempre se mostraram capacitados e empenhados em desenvolver seu trabalho. Não vi um motivo qualquer que os desabonasse e dessa forma entendi não haver a necessidade de substituições. Enquanto estiverem desempenhando suas atribuições com profissionalismo, continuarão fazendo parte da minha equipe e com isso todo mundo sai ganhando. O período é relativamente curto e essa equipe já conhece o trabalho, formando uma nova equipe, teríamos que treinar essas pessoas e assim certa morosidade seria criada no desenrolar dos trabalhos”, comentou.

Sobre sua relação com os demais vereadores o presidente se diz satisfeito com o resultado da postura que vem adotando, dando espaço para todos, mesmo de grupos políticos distintos. “Nem sempre possuímos opiniões idênticas, divergimos em vários momentos, porém cada um respeita a individualidade e maneira de pensar do outro. Estamos aqui para fiscalizar as ações públicas, intensificar a interação com diferentes setores e captar recursos através da nossa relação com as esferas estadual e federal. Tudo isso para beneficiar a população. O bem de Socorro de seus moradores está acima de qualquer vaidade ou ponto de vista pessoal. Com base nisso, tenho certeza que estamos no caminho certo”.

Entre os planos para o futuro está a formação de uma equipe técnica, formada por funcionários da Casa para analisar e modificar a Lei Orgânica, que segue o mesmo padrão desde a sua criação, em 1990. O objetivo é deixar o conteúdo mais adequado a realidade e a necessidade do município.

O presidente Lauro manteve trabalhos iniciados na última gestão que, em sua opinião, trarão benefícios para todos. Um deles é o procedimento de digitalização de todos os arquivos da Câmara, dando andamento ao processo de adequação à Lei de Acesso à Informação. 

Sobre alterações na estrutura física, os levantamentos realizados não apontam nenhuma necessidade até momento. “Mudamos algumas salas a fim de abrigar melhor os funcionários e os vereadores e continuamos a fazer os reparos necessários à medida que surge a necessidade”.

Para finalizar o vereador ressaltou a importância do Legislativo para o desenvolvimento do município e colocou-se a disposição de todos os cidadãos. “Essa Casa de Leis está de portas abertas e faremos uso de todas as ferramentas possíveis para contribuir com o desenvolvimento da cidade e para melhorar a qualidade de vida dos socorrenses”