Audiência Pública

Números da Saúde de Socorro são apresentados na Câmara Municipal.
Postado em 06/10/2021

Os vereadores da Câmara Municipal, durante audiência pública, realizada na última quinta-feira (30), acompanharam a apresentação dos números da Saúde de Socorro do segundo quadrimestre (maio a agosto) de 2021.

Estiveram presentes o presidente da Casa, vereador Willhams Pereira de Morais (PTB), e os vereadores Alexandre Aparecido de Godoi (PSD), Airton Benedito Domingues de Souza (MDB), Lauro Aparecido de Toledo (PTB), Marco Antonio Zanesco (PTB), Osvaldo Brolezzi (MDB) e Tiago de Faria (Republicanos).

Os números da Saúde do município foram apresentados pela diretora de Saúde da Prefeitura Municipal da Estância de Socorro, Elisângela Marciela Lopes, com auxílio de Marco Zanesco, que também é funcionário da Secretaria Municipal de Saúde.

Aumento das atividades

De acordo com Elisângela Lopes, houve um aumento de grande parte das atividades da saúde, como atendimentos, cirurgias, consultas e exames, no segundo quadrimestre. Segundo ela, esse acréscimo deve-se à situação atual da pandemia, que arrefeceu em comparação ao quadrimestre anterior. “Os pacientes estão saindo de casa com mais tranquilidade para buscar os atendimentos”, explica a diretora municipal da Saúde.

Para exemplificar esse aumento, a diretora destacou o crescimento das consultas de fonoaudiologia, que no primeiro quadrimestre totalizaram 289 consultas e no segundo 824.

Mortalidade e natalidade

Elisângela Lopes e Marco Zanesco, apresentaram também os dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informação sobre Nascidos Vivos (SINASC), do Ministério da Saúde, sobre o município. No primeiro quadrimestre, Socorro teve 178 óbitos e 146 nascimentos. Já no segundo quadrimestre, ocorreram 146 óbitos e 129 nascimentos.

O presidente da Câmara Municipal, Willhams Pereira de Morais, questionou se a prevalência do número de óbitos em relação aos nascimentos nos dois quadrimestres deu-se por conta da covid-19. Segundo a diretora da Saúde, há diversos fatores que podem influenciar esse dado, entre eles a pandemia, sendo necessário avaliar também os dados do próximo quadrimestre.

Medicamentos

Foram detalhados também na audiência pública números de ações da vigilância sanitária e de distribuição de medicamentos. No total, foram distribuídos mais de 1,940 milhões de medicamentos e mais de 250 mil medicamentos de alto custo, no segundo quadrimestre.

Conisca

Elisângela Lopes destacou ainda os números do Consórcio Internacional do Circuito das Águas (Conisca). Nas consultas de neurologia, por exemplo, no primeiro quadrimestre foram feitas 358. Já no segundo quadrimestre realizaram-se 510 atendimentos na área. “É uma especialidade que é de ordem do Estado, mas que infelizmente as vagas são escassas”, contou a diretora. “Mas pelo Conisca conseguimos ter esse atendimento e não deixar a população em um tempo de espera grande”. Somando os valores pagos a médicos e outros profissionais, consultas, exames e procedimentos pagou-se ao Conisca, de maio a agosto, R$ 2,371 milhões.

Laboratório Municipal

No segundo quadrimestre, foram feitos 24.326 exames no Laboratório Municipal. Pelo Conisca, neste período, realizaram-se 38.289 exames de laboratório.

SAMU

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) contabilizou, no segundo quadrimestre, 1.093 atendimentos. “Não estão contabilizados os trotes, que infelizmente tem bastante”, pontuou Marco Zanesco.

Recursos aplicados na Saúde

De maio a agosto, os governos Estadual e Federal repassaram R$ 4,518 milhões para o município, que aplicou R$ 9,240 milhões na Saúde, 32,43% do valor total das receitas resultantes de impostos no período.

 

Assessoria Imprensa
Câmara Municipal da Estância de Socorro
assessoriaimprensa@camarasocorro.sp.gov.br